“Ter medo e não ir fazer exames médicos é uma cobardia”

O conhecido radialista António Sala sublinhou, sexta-feira à noite em Pombal, a importância da realização de exames médicos para a deteção e tratamento rápido de doenças cancerosas. «Ter medo e não ir fazer exames médicos é uma cobardia», disse.

Ao participar numa palestra promovida pelo Rotary Club de Pombal, no âmbito da iniciativa «Um dia pela vida» da Luta Portuguesa Contra o Cancro, o comunicador transmitiu o seu testemunho pessoal, quer como voluntário do Instituto Português de Oncologia (IPO), quer como doente que conseguiu vencer a doença cancerígena.

Para António Sala, «quando nos bate à porta um cancro não há regras» para o enfrentar, sendo como «se nos apagassem as luzes todas» e «receber um murro no estômago». Contudo, «não deve ser encarado como um final que nos vai fazer desaparecer», disse, acrescentando que «só devemos dar importância àquilo que tem importância».

«A doença galopa quando nós desistimos», considerou, apelando às pessoas para que «não tenham medo deste papão» até porque «na maioria das vezes isto vence-se».

Referindo que «devemos olhar e encarar estas doenças de uma forma normal», o antigo locutor das manhãs da Rádio Renascença afirmou que «algumas doenças oncológicas são muito mais preferíveis que outros tipos de doenças», dando como exemplos as amputações de membros ou as que provocam tetraplegia. «Não vejam esta doença como a mais terrível das doenças», afirmou.

Durante a sua intervenção, António Sala alertou por várias vezes a plateia para a importância da realização de rastreios e exames médicos. «A prevenção e a descoberta antecipada da doença é a cura para muitas das situações», referiu.

«Dediquem um dia pela vida e arranjem forma de perder um dia para fazerem exames médicos», disse o comunicador.

«Um dia pela vida» é um projeto solidário da Liga Portuguesa Contra o Cancro que até ao dia 26 de maio está a mobilizar famílias, amigos, grupos, profissionais e coletividades por todo o concelho de Pombal na luta contra o cancro.

Para além da angariação de fundos para aquela Liga Portuguesa, a iniciativa pretende homenagear os que venceram, recordar os que partiram, e apoiar os que se encontram a lutar contra a doença oncológica.

Orlando Cardoso | Diário de Leiria | Diário de Coimbra

About these ads

Sobre ncentro
Edição digital de jornal regional, com abrangência na zona Centro de Portugal, nomeadamente Norte do distrito de Leiria e Sul do distrito

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: