Autarquia de Pombal quer qualificar a praia do Osso da Baleia sem a descaracterizar

O presidente da Câmara Municipal de Pombal quer a praia do Osso da Baleia como uma «referência regional e nacional», garantindo que «nunca será descaracterizada mas sim qualificada». Narciso Mota sublinha as características naturais da única praia do concelho e afirma que a autarquia «é determinada e exigente» para dar condições aos veraneantes.

As afirmações do autarca social-democrata foram proferidas durante a cerimónia de hastear da Bandeira Azul e de Praia Acessível, presenciada por diversas entidades, entre as quais o Capitão do Porto da Figueira da Foz e uma representante da Administração da Região Hidrográfica do Centro (ARHCentro).

Narciso Mota enalteceu o facto de aquela praia ter sido distinguida em 2008 com o galardão de Praia Dourada, por manter os valores singulares do ponto de vista geológico, florístico, faunístico, paisagístico ou patrimonial, com ambientes naturalizados e reduzido grau de infraestruturação.

O autarca referiu-se, ainda, aos diversos prémios que a praia do Osso da Baleia ostenta, nas mais diversificadas áreas relacionadas com a educação e sensibilização ambiental. Tendo, ainda, referido que em parceria com a Transdev funcionará, durante os meses de verão, uma rede de transportes públicos que ligará a sede do concelho e o Osso da Baleia.

Antes, o presidente da Junta de Freguesia do Carriço, apelou à sensibilidade das entidades responsáveis para que sejam concretizados alguns projetos de melhoria daquela estância balnear, nomeadamente a remodelação e ampliação do parque de estacionamento e a construção de um apoio de praia adequado às necessidades.

Por outro lado, Leovigildo Fernandes sublinhou a importância da conclusão da Estrada Atlântica para atrair veraneantes àquela zona da Mata do Urso.

Em jeito de resposta ao apelo do autarca, Edmea Silva, da ARHCentro, disse esperar que a próxima revisão do Plano de Ordenamento da Orla Costeira venha a contemplar os projetos defendidos pela Junta de Freguesia do Carriço e pela Câmara Municipal de Pombal. Afirmando que aquele documento deverá estar concluído em 2014, aquela responsável mostrou-se otimista quanto à «correção de algumas falhas».

Quanto às bandeiras, que a partir de ontem ficarão hasteadas na praia, Edmea Silva referiu que são «símbolos de excelência» resultado de um «esforço das autarquias para cumprir todos os requisitos na perfeição».

Também o Capitão do Porto da Figueira da Foz não deixou de sublinhar o empenho daquelas duas autarquias para que a praia do Osso da Baleia seja «um exemplo a seguir», nomeadamente no que diz respeito ao socorro e salvamento dos banhistas.

Rui Amado, aproveitou a ocasião, para relembrar as «regras fundamentais» que os banhistas devem seguir durante a época balnear.

Durante a época balnear, a praia do Osso da Baleia vai ostentar, pelo nono ano consecutivo, o galardão Bandeira Azul, para além da bandeira Praia Acessível. Uma distinção atribuída, desde 2005, pelo facto de aquela praia cumprir os requisitos legislativos relativamente à acessibilidade para pessoas com mobilidade condicionada.

Por outro lado, pela segunda vez, a Associação Nacional de Conservação da Natureza (Quercus) reconheceu aquela estância balnear como uma das praias portuguesas com melhor qualidade da água, tendo-lhe atribuído o galardão Qualidade de Ouro.

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: