Tó Silva faleceu aos 56 anos de idade em Pombal

To SilvaAntónio de Oliveira Silva, ou Tó Silva como é conhecido, faleceu esta manhã no hospital de Pombal, vítima de doença súbita. Tinha 56 anos de idade e em Novembro passado foi distinguido pelo Município, juntamente com os seus filhos – Ricardo e João – com a Medalha de Mérito Cultural (grau ouro).

Natural de S. Pedro do Sul, Tó Silva residia em Pombal há cerca de 40 anos exercendo as funções de Técnico Oficial de Contas.

Oriundo de uma família de músicos, estreia-se aos 12 anos como instrumentista na filarmónica da sua terra Natal, onde estudo solfejo e aprende saxofone (alto). Também colaborou musicalmente nos Bombeiros Voluntários de S. Pedro do Sul, fazendo parte de um agrupamento no qual, executava, numa fase inicial, saxofone (tenor) e, mais tarde, guitarra eléctrica.

A vontade de procurar outros géneros musicais, fez com que iniciasse uma carreira dividida entre o fado e a música ligeira, sem nunca descurar, no entanto, o seu gosto pelo instrumento de sopro, executando agora a variante do saxofone-tenor, que costumava introduzir no projecto “Fado em Família”, no qual se fazia acompanhar pelos seus filhos.

No desporto se destacou, tanto no atletismo como no futebol. Aos 14 anos foi campeão nacional de salto em altura, escalão de iniciados, representando o Clube Desportivo de Drizes. Mais tarde iniciou a sua carreira futebolística no Sampedrense, e já em Pombal, representou e colaborou em clubes como Almagreira, Pelariga, Chão de Couce, Ansião e Sporting Clube de Pombal.

Também no desporto a vertente musical acaba por o acompanhar, partilhando momentos de convívio que só a música consegue proporcionar. Compôs ainda o hino oficial do Grupo Desportivo da Pelariga.

Mas foi na guitarra portuguesa que residia a sua grande paixão. Aos 16 anos, adquire a sua primeira guitarra e é com essa idade que, sozinho, começa a executar os primeiros acordes, evoluindo como autodidacta. Mais tarde, frequenta a secção de fado da Associação Académica de Coimbra onde aprende a técnica Coimbra com o mestre Ricardo Dias.

Mais recentemente, tinha recebido as influências de um dos guitarristas com mais destaque no panorama musical português, Custódio Castelo, por intermédio de seu filho Ricardo, igualmente executante daquele instrumento e aluno de Custódio.

Tó Silva fazia-se acompanhar em palco (e não só) na grande maioria das vezes pelos seus dois filhos, formando um trio através do qual se podia escutar duas guitarras portuguesas e uma viola de acompanhamento, bem como a voz dos três músicos.

O trio Tó Silva & Filhos tem levado a Guitarra Portuguesa e o Fado pelo país, tendo sempre ligado a si o nome de Pombal. De Norte a Sul, têm acompanhado diversos fadistas do panorama nacional e o seu currículo conta já com actuações em vários pontos da Europa, onde fizeram sempre questão de mencionar a sua origem pombalense.

 

 

Anúncios

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

17 Responses to Tó Silva faleceu aos 56 anos de idade em Pombal

  1. Carlos Silva says:

    Lamentável esta perda. As minhas condolências à família.
    Descanse em paz.

  2. rosa gomes says:

    È com grande tristeza que vos envio um forte e sentido abraço

  3. luis mendes says:

    luis Mendes
    As minhas condolências à familia , A perda de um grande amigo que nunca esquecerei estarás sempre no meu coração, força para todos os seus amigos e família nesta data triste, mas não podemos baixar a cabeça pois foi coisa que o nosso grande amigo TÒ SILVA nunca fez nem gostaria que nos o fizéssemos, por isso e por ele vamos ter força e ajudarmo-nos uns aos outros nesta nossa curta vida.

  4. Joaquim Santos says:

    As minhas condolências à família. Que descanse em paz

  5. Davide Silva Matias says:

    Esta manhã fui acordado com a mais inesperada noticia que poderia imaginar. O meu grande amigo e colega de profissão, Tó Silva, acabava de nos deixar de uma forma inesperada e surpreendente.
    A dor que sinto neste momento não é comparavel à dor que sente a sua esposa Isabel e os seus filhos João e Ricardo, a quem deixo aqui as minhas sentidas condolencias, mas é a dor pela perda de um amigo que fazia parte da minha vida, partilhavamos muita coisa quer da nossa vida profissional quer da vida pessoal sempre bem disposto e brincalhão. Quando ligava para o meu escritorio para falar comigo e uma funcionaria atendia, quando lhe perguntavam quem era que queria falar comigo ele respondia sempre; “diga-lhe que é das finanças”.
    Amigo, jamais serás esquecido, permanecerás vivo no meu coração…… mas fisicamente, tenho que dizer; adeus Tó Silva, até um dia.

    Davide Matias

  6. Mita Carolino says:

    Mais uma grande perde em Pombal, um Homem admirado por todos nós, as minhas sinceras condolências a toda a família.

  7. Helder Teixeira says:

    Soube desta tão triste noticia na Inglaterra Tó , até sempre para mim nunca serás esquecido. As minhas condolências à família.

  8. Teresa Aparicio says:

    GRANDE PERDA,
    as condolências à familia,….descança em paz Tó, até um dia!!!!!!!!!!!!!!

  9. lurdes rocha says:

    AS minhas condolências á família.Foi um acordar muito triste com a perda de uma pessoa maravílhosa,Adeus até um dia

  10. As minhas sinceras condolências à família,Grato por tudo o que nos deste na música,
    descansa em páz AMIGO..!

  11. Quero dizer tanto e nao consigo.Bons tempos passamos juntos.
    Agora so resta guardar-te no meu coraçao.
    Descansa em paz TO.
    As minhas sinceras condolencias a esposa e filhos e toda a Familia

  12. Joaquim F.T. Sergeira says:

    Foi uma grande perda para a cidade de Pombal.
    As minhas sinceras condolencias a esposa e filhos e toda a Familia.

  13. Albertino Goncalves says:

    Nao tenho palavras para dizer o que sinto
    Ficam as memorias do que passamos juntos
    Descansa em paz TÓ

  14. Lurdes Mendanha says:

    Quando ouvir o som duma guitarra, sei que estarás por perto. Até sempre “primito grande”

  15. NOSSAS CONDOLENCIAS A FAMÍLIA, DESANSE EM PAZ TÓ SILVA, ETERNAS
    SAUDADES , SUAS ULTIMAS PALAVRS A NÓS FOI ;FAÇAM O FAVOR DE SEREM FELIZES.
    NILDA E AFONSO.

  16. monica says:

    Na alma deste fado, sempre vivo
    cresce um canto cristalino, sem idade
    é por isso que imagino, em liberdade,
    uma gaivota que voa, renascida,
    nas ruas desta cidade amanhecida
    e é com um nó de saudade na garganta
    que escuto um fado que se entoa à despedida.

    Não posso explicar a dor que sinto, todas as homenagens serão sempre poucas para o adorável e grande homem que foi e será sempre TÓ SILVA. Um abraço do tamanho do mundo à sua família.
    Mónica Prazeres

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: