Sumol+Compal anuncia despedimento colectivo

Sumol PombalA Sumol+Compal, com uma das principais unidades fabris localizadas em Pombal, anunciou ontem o despedimento colectivo de 70 pessoas, tendo já comunicado a decisão à comissão de trabalhadores e ao sindicato do sector.

Num breve comunicado, a empresa justificou a decisão com a crise económica e o agravamento da carga fiscal que levaram a uma quebra de 14 por cento nas vendas em Portugal até Setembro de 2012.

A empresa adianta que vai avançar com um processo de reestruturação que implica alterações do seu modelo organizacional e “reajuste de diversos processos, o que implica a redução de cerca de 70 postos de trabalho”.

Segundo aquele grupo empresarial, as áreas mais afectadas serão as de vendas e de logística, abrangendo, também, unidades em várias regiões do país. O objectivo da Sumol+Compal é avançar com o despedimento até ao final de Abril.

A empresa recusa-se, para já, a fazer mais comentários e a especificar quantos trabalhadores são afectados, assim como, em que unidades fabris e de distribuição.

Entretanto, o Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura e das Indústrias Agroalimentares, Bebidas e Tabaco confirmou a intenção da empresa, adiantando que decorrem reuniões para apurar as condições do anunciado despedimento colectivo.

A unidade Industrial de Pombal é responsável pela produção das marcas Sumol, Seven UP, Pepsi, Tagus, Lipton Ice Tea e Guaraná Antarctica, entre outras. Actualmente detém um volume de produção de refrigerantes e cerveja que ultrapassa os 200 milhões de litros/ano, num total de cerca de 300 referências.

Ao longo dos últimos anos, a empresa tem vindo a efectuar grandes investimentos industriais naquela unidade de Pombal dos quais se destacam nos últimos três anos, a ampliação das infra-estruturas produtivas com a instalação das linhas de latas, vidro e frascos procedentes de Carnaxide, instalação do sistema palete Display com dois robots de paletização e a transferência dos equipamentos das linhas de produção de cerveja de Viseu, no intuito de prover a unidade industrial de maior capacidade e flexibilidade produtiva. Um dos mais importantes investimentos realizados ao nível da melhoria do desempenho ambiental foi a instalação de uma EPTAR, de modo a minimizar o impacto ambiental associado à sua actividade.

Com uma área total de cerca de 70.000 metros quadrados e uma capacidade instalada de dois milhões de litros/dia, a unidade industrial de Pombal têm actualmente dez linhas de enchimento operacionais e cerca de 250 colaboradores.

Anúncios

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: