Taxa de desemprego ronda os dez por cento em Pombal

emprego jovemO concelho de Pombal apresentava, em Novembro do ano passado, uma taxa de desemprego superior a 9,6 por cento, com tendência para subir. Uma tendência demonstrada nos últimos meses, segundo o Gabinete de Inserção Profissional de Pombal (GIP-Pombal).

De acordo com o GIP-Pombal, naquele mês de Novembro, o número de inscritos no Instituto do Emprego e Formação Profissional aumentou 5,7 por cento (+96) em relação ao mês anterior e 30 por cento (+520) em relação ao mês homólogo de 2011.

Segundo os últimos dados divulgados por aquele GIP, o concelho dispunha de população residente de 55.217 pessoas, dos quais 23.256 são activos. Os desempregados atingiam os 2.249 cidadãos, onde mais de metade eram mulheres e com menos de um ano de inscrição.

A estatística revela, também, que 46 por cento daqueles desempregados têm entre 35 e 54 anos de idade, enquanto 21 por cento têm entre 25 e os 34 anos. Com mais de 55 anos de idade encontram-se 426 pessoas (19 por cento) e os restantes 14 por cento têm idade inferior a 25 anos.

Quanto aos níveis de escolaridade, só cinco por cento (112 pessoas) possuem uma escolaridade abaixo do 1º Ciclo do Ensino Básico, mas 22 por cento (500) possuem o 4º ano de escolaridade. O número de licenciados desempregados atinge os 16 por cento (355) pessoas, enquanto com 23 por cento encontram-se os possuidores do 3º Ciclo (9º ano) e igual percentagem para os detentores do Ensino Secundário (12º ano). Apenas 11 por cento dos desempregados possuem o 2º Ciclo (6º ano).

“Desde o início do ano os números do desemprego têm vindo a aumentar vertiginosamente estando actualmente inscritos mais 340 desempregados do que em Janeiro”, refere Pascoal Oliveira, do GIP-Pombal, adiantando que “o desemprego de longa duração, superior a um ano, manteve-se nos 33 por cento dos inscritos”.

Relativamente a ofertas de emprego, o Gabinete de Inserção Profissional recebeu 11 ofertas tendo colocado 13 pessoas, tendo-se “acentuado a diminuição das ofertas de emprego e consequentemente das colocações”, refere Pascoal Oliveira.

Recorde-se que o GIP-Pombal resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal de Pombal, a Associação de Industriais do Concelho de Pombal (AICP), a Associação Comercial e de Serviços de Pombal (ACSP) e o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

A funcionar nas instalações da ACSP, o GIP tem como principal missão fazer a inserção profissional dos desempregados do concelho, sendo que para isso trabalha em estreita ligação com o Centro de Emprego de Leiria.

Aquele gabinete faz a apresentação quinzenal dos desempregados subsidiados, encaminhamentos para ofertas de emprego, bem como, para ações de formação. Desde Maio de 2012, faz também o acompanhamento personalizado dos desempregados não subsidiados, fazendo sessões regulares sobre técnicas de procura de emprego e/ou encaminhamentos para ações de formação, que lhes permitam obter as competências necessárias.

Anúncios

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: