Bancária detida em Ansião por envolvimento num assalto em que foi baleada

assalto armaA Polícia Judiciária deteve, terça-feira, um “grupo criminoso” de sete pessoas,  suspeito de autores de um roubo ocorrido no passado dia 30 de Outubro, com recurso a armas de fogo, a uma agência bancária situada na vila de Alvaiázere. Do grupo detido, faz parte uma funcionária do próprio banco, residente em Ansião, que até foi ferida a tiro no golpe, assim como a sua filha e genro.

A operação policial centrou-se em Ansião, mas também no Fundão e em Vialonga (Vila Franca de Xira). Para além da bancária e dos seus familiares directos (co-proprietários de uma empresa de venda de automóveis), foram detidos ainda mais dois indivíduos, vizinhos, um deles com antecedentes criminais.

O assalto à agência do Millennium BCP de Alvaiázere aconteceu a 30 de Outubro de 2012 e, segundo foi noticiado na ocasião, terá sido efectuado por dois homens encapuzados. Os assaltantes aproveitaram o momento de abertura do banco para actuarem, tendo agredido com violência os quatro funcionários presentes – que tiveram de receber tratamento hospitalar – incluindo a mulher que foi baleada e agora detida.

Algum tempo depois, o veículo utilizado neste assalto foi encontrado a arder na berma de uma estrada municipal, nas proximidades de Alvaiázere.

Segundo a Polícia Judiciária “existem também fortes indícios de que o mesmo grupo seja responsável por outro roubo, com sequestro, de que foi vítima um casal e o filho menor, no interior da sua residência, também na mesma vila de Alvaiázere, ocorrido na noite de 11 para 12 do corrente mês de Fevereiro, sobre quem exerceram coacção física e psicológica durante várias horas e a quem retiraram dinheiro, joias e um veículo, que depois incendiaram.”

“No decurso das diligências probatórias foram apreendidos vários veículos automóveis, armas de fogo, dezenas de munições, telemóveis, disfarces, joias, dinheiro, uma quantidade significativa de produtos estupefacientes, balanças de precisão, uma prensa e outros artigos relacionados com o trafico destes produtos”, acrescenta aquela força policial.

 

 

Anúncios

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: