Autarca do Louriçal questiona Câmara sobre reabilitação da vila parada desde 2005

Louriçal

(foto: jornal Expressão)

Pedro Serra Santos aproveitou a última sessão da Assembleia Municipal de Pombal para questionar o executivo camarário sobre a continuidade das obras de requalificação urbana da vila do Louriçal, paradas desde 2005. Em resposta, o vice-presidente da autarquia, disse que as mesmas só poderão prosseguir depois de construída a variante à vila.

Para o autarca socialista, que é também secretário da Junta de Freguesia – única no concelho eleita pelo Partido Socialista – “é inexplicável” o facto de as obras de reabilitação do centro histórico do Louriçal “sem razão alguma terem parado em 2005”.

“Apesar do projecto não ser do agrado de todos, o que se está a pedir, desde essa altura, é apenas a reabilitação das principais ruas de acesso ao centro da vila do Louriçal, a Rua Madre Maria do Lado e a Avenida Ernesto Domingues Tavares”, disse, esperando que “no início do ano de 2014 a vila possa ter uma entrada condigna com a excelência património que se pode encontrar no seu interior.”

Pedro Santos aproveitou, também, para pedir apoio à Câmara e à Assembleia Municipal no sentido de “interceder junto da Estradas de Portugal (EP) e do Instituto de Infraestruturas Rodoviárias (INIR) no sentido de ser colocado na A17 sinalização turística relativa ao Monumento Nacional Convento do Louriçal”, bem como “placas de indicação ‘Louriçal’ antes dos nós de acesso ao denominado ‘Nó do Louriçal’ da referida infraestrutura rodoviária.” “É que apesar de diversos ofícios enviados, de reuniões em Lisboa com o secretário de Estado da Administração Local e na delegação regional de Leiria das Estradas de Portugal, com a presença dos elementos da Assembleia de Freguesia (PS e PSD), até hoje nada foi feito.”

O socialista realçou o facto de no ano de 2014 se comemorar os 500 anos da doação do foral à Vila do Louriçal, a 22 de Agosto de 1514, dado ao senhor D. Simão de Meneses.

“Neste sentido a Junta de Freguesia do Louriçal está a efectuar alguns contactos no sentido de criar uma comissão organizadora que irá desenvolver um programa de actividades” assim como  “uma comissão científica, composta por alguns historiadores que irá avaliar propostas de âmbito cultural e científico, nomeadamente publicações a editar no âmbito destas comemorações”, disse.

No entender de Pedro Serra Santos, sendo aquela efeméride “a mais importante das últimas décadas a ser levada a cabo na freguesia, desde 2007 que tem sido feito um enorme esforço por parte dos executivos da junta e das instituições da freguesia, no sentido de preservar e reabilitar o património riquíssimo existente na vila.”

O autarca referiu-se, para além, do restauro diário do Convento do Louriçal, onde algumas dessas áreas estarão abertas ao público a curto prazo, a reabilitação da Igreja do Recolhimento do Louriçal, o restauro da Capela da Misericórdia do Louriçal, e mais recentemente, “está a ser levado a cabo o restauro e reabilitação do Aqueduto do Louriçal”. “Também em 2009 se deu início ao processo de classificação da Igreja Matriz do Louriçal, que já foi publicado em Diário da República em 2012, e que brevemente será classificado de Imóvel de Interesse Público”, frisa.

Anúncios

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: