Hospital de Leiria investe 2,3 milhões na melhoria dos serviços de internamentos

intern HSAO Hospital de Santo André, em Leiria, concluiu as obras de melhoramento nos serviços de internamento que se prolongaram durante cerca de três anos. A reabilitação, orçada em 2,3 milhões, representam “uma melhor qualidade e eficiência na assistência que lhes é prestada”, diz Hélder Roque, presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar Leiria-Pombal.

Depois dos serviços de internamento, o hospital encontra-se a intervencionar o sector de Consultas Externas e as áreas de Exames Especiais, a que se seguirão a Urgência Pedriátrica e a Urgência Obstétrica. O objectivo é “melhorar as condições físicas, de conforto e segurança e harmonizar todos os espaços”, refere o Centro Hospitalar.

Hélder Roque salienta o facto das obras realizadas proporcionarem aos “utentes uma melhor qualidade e eficiência na assistência que lhes é prestada” ao mesmo tempo que “as suas condições de bem-estar durante o período em que permanecem internados foram significativamente melhoradas”.

Por outro lado, o presidente do conselho de administração salienta que “foi também aumentada a segurança dos utentes através dos novos sistemas implementados”. Da mesma forma, as alterações executadas dotaram aqueles serviços de “infraestruturas técnicas que permitem aos profissionais prestarem cuidados de saúde com maior qualidade e eficiência, trabalhando num ambiente mais saudável e com melhores condições de segurança e higiene”.

Ainda segundo explica Hélder Roque, aquela recuperação e requalificação dos serviços de internamento permite “aproximar as condições físicas que proporcionamos aos utentes ao espírito de humanização que nos move e que tem sido a nossa base de trabalho ao longo dos últimos anos, sempre com o foco nos doentes”.

Para além do envolvimento dos profissionais internos e externos à instituição, as obras, que decorreram com todos os serviços a funcionar em pleno, foram acompanhados pela Comissão de Controlo de Infecção, Serviço de Instalações e Equipamentos e dos Serviços Gerais, Serviço de Higiene e Segurança no Trabalho, e ainda pela Associação Portuguesa da Cor que estudou e escolheu as cores com que os serviços de internamento viriam a ser pintados.

Das várias intervenções executadas, destaca-se a implementação de um novo sistema de detecção de incêndios, a aplicação de novos revestimentos nos pavimentos e paredes das enfermarias, criação de novas instalações sanitárias adaptadas a pessoas com mobilidade condicionada, bem como a aquisição de novas camas eléctricas, de televisores LCD e de novo mobiliário.

Foram ainda reforçadas as condições de climatização e expandida a rede de transporte de amostras para a Patologia Clínica e Anatomia Patológica a todos os serviços de internamento, “permitindo assim uma maior rapidez na obtenção dos resultados dos exames efectuados aos utentes”, refere uma nota do Centro Hospitalar Leiria-Pombal.

Anúncios

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: