Direcção dos bombeiros de Pombal reeleita para continuar estratégia de 2012

bombeiros PombalA direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Pombal, liderada por Manuel Rodrigues Marques, foi reeleita, sexta-feira, para um novo biénio, propondo continuar a estratégia definida para 2012.

“Sabendo que nos esperam tempos difíceis e instáveis”, o elenco directivo pretende um “aumento da produtividade, sem diminuir a segurança do Corpo de Bombeiros, a sua eficiência e eficácia”, refere o seu plano de acção, a que o nosso jornal teve acesso.

Segundo a equipa presidida por Rodrigues Marques, também presidente da Junta de Freguesia de Albergaria dos Doze e da Associação de Industriais do Concelho de Pombal, para além de outras entidades, “as mudanças serão muitas e aplicadas muito rapidamente pelo que cada decisão de gestão deverá ser rápida e baseada em informações fidedignas”.

Para o biénio 2013/2015, os novos corpos dirigentes apresentaram aos associados, em Assembleia Geral, uma estratégia que “continuará a passar pela contenção de custos fixos” mas com vista a continuar a dotar os bombeiros com equipamento de protecção individual e a requalificar o parque Auto, estando a equacionar a aquisição de um auto-tanque para substituição de um outro já obsoleto.

Por outro lado, a direcção pretende “estudar a melhor forma de manter as comunicações a funcionar em situação de calamidade” tendo em conta a “fragilidade” sentida aquando do temporal de 19 de Janeiro. Assim como a “possibilidade de adquirir um gerador para instalar no quartel-sede para suprir as falhas de energia eléctrica”.

Empenhados na construção, em Pombal, do Museu Nacional dos Bombeiros Portugueses, os dirigentes pretendem, ainda, estar atentos a protocolos que possam celebrar com o Estado, com as autarquias ou com a Comunidade Intermunicipal do Pinhal Litoral.

A única lista candidata aos corpos sociais reconduziu os actuais dirigentes, com José Manuel Carrilho a presidir à Assembleia Geral e Manuel Duarte Domingues ao Conselho Fiscal. Para a direcção mantém-se a presidência de Rodrigues Marques, coadjuvado pelo vice-presidente Diogo Mateus e pelos secretários João Melo Alvim e Armindo Martins, assim como o tesoureiro Sérgio Gomes. Como vogais encontram-se Carlos Nunes Ferreira, José António Silveirinha, Manuel Santos Monteiro e Artur Jesus Freire.

O Conselho Consultivo da Associação Humanitária será constituído por Armindo Carolino, Jorge Dinis Coelho, José Guardado, Carlos Carvalho, Francisco Ferreira, Joaquim Pimentel e Manuel Rodrigues Mota.

Anúncios

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: