Associação Empresarial de Ansião quer empresas a investir em Marrocos

MarrocosA Associação Empresarial de Ansião (AEDA) aponta Marrocos como um “factor importante” para a internacionalização das empresas, em especial do sector da construção civil. Daí que irá promover um seminário destinado a revelar as oportunidades de investimento em Marrocos. O evento terá lugar a partir das 16:30 horas de quarta-feira, 24 de Abril, no Centro de Negócios de Ansião.

De acordo com a direcção da AEDA, presidida por Fernando Pinheiro, a iniciativa “está enquadrada num conjunto de acções de divulgação de uma candidatura conjunta ao Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN), que está a ser desenvolvida por esta associação, e que é dirigida a todas as empresas dos sub-sectores da construção que pretendam entrar ou afirmar a sua presença no mercado marroquino”.

A AEDA refere que “tendo em conta que o ambiente económico em Portugal apresenta um quadro de crescimento difícil para os próximos anos, em particular o sector da construção, afigura se importante para as empresas direccionar actividades empresariais e estimular o crescimento das suas exportações para outros mercados com melhor desempenho neste sector”. “Por outro lado, a proximidade geográfica de Marrocos é um factor importante na decisão de internacionalização, sobretudo para aquelas empresas que nunca iniciaram um processo desta natureza”, realça.

No entender daquela associação empresarial, “nas duas últimas décadas, foram realizadas profundas reformas em Marrocos, com vista a criar condições para um equilíbrio macro-económico estável e permanente neste país”, adiantando que Marrocos “introduziu um ritmo notável na construção e modernização de um conjunto alargado de infraestruturas essenciais que, por sua vez, induziu ao aparecimento de oportunidades emergentes ligadas a diversos subsectores da construção”.

Por sua vez, “num esforço de abertura ao exterior, Marrocos comprometeu-se a criar um conjunto de acordos bilaterais de livre comércio que permitam às empresas operar em áreas cada vez mais

prósperas e abrangentes”, realça, ainda, a estrutura liderada por Fernando Pinheiro, referindo que

“este projecto de internacionalização apresenta-se como uma grande oportunidade para as empresas aderentes criarem um novo fôlego para a sua actividade e existência.”

Naquele seminário serão divulgadas as linhas gerais e as condições de acesso à candidatura ao

sistema de incentivos promovida pela AEDA e também transmitir um “conjunto de particularidades importantes de conhecer no processo de internacionalização para este país”.

Os trabalhos terão início com as intervenções do presidente da AEDA, Fernando Pinheiro, e do presidente da Câmara Municipal de Ansião, Rui Rocha. Seguir-se-á a apresentação do projecto conjunto de internacionalização por João Carlos Santos, da empresa Gescar Consultores.

Intervirá, ainda, Abdelhak Jniyen, da Embaixada do Reino de Marrocos, que apresentará aquele país e as suas oportunidades, estando, ainda, previstas as intervenções de Michael Lopes, António Caldeira e Carlos Graça, representantes das empresas Raf, Conseco e Ciappe, respectivamente, que transmitirão as suas experiências de operação no mercado marroquino.

Anúncios

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

3 Responses to Associação Empresarial de Ansião quer empresas a investir em Marrocos

  1. João Forte says:

    E enquanto isso acontece, a reabilitação urbana no concelho de Ansião e na região de Sicó vai, mais uma vez, ficar esquecida. São milhares de edifícios antigos, muitos com história, que estão a ruir ou em vias de ruir. Em vez de se promover a reconversão das empresas de construção civil, promove-se quase que apenas a sua emigração. Prioridades…

    • aeda/administração says:

      Parece que opinar é dizer umas “tretas”… lirismo é algo que deve ser apreciado. A sua dita reconversão é fácil de dizer, mas diga: já convidou alguma empresa de construção para “reconverter” os “seus” edificios antigos? Tem familiares dispostos a investir, para convidar essas empresas? Tem mercado para estes agentes económicos no seu concelho? Quem tem dinheiro para investir, cá? Avance com projectos concretos, e terá muitos interessados em concorrer, se pagar…. eis a sua PRIORIDADE! Compete aos agentes do sector desenvolver oportunidades dentro ou fora do mercado… esta é uma oportunidade de EXPORTAR, podendo criar RIQUEZA e dar novo ânimo às empresas do concelho, que entendam arriscar outras paragens, sem abandonar o nosso querido rectângulo….

      • João Forte says:

        “tretas” e “lirismo” são termos que eu estranho serem utilizados numa resposta a um comentário meu, o qual não foi sequer incisivo, apesar de honesto e construtivo. A minha crítica foi honesta e construtiva, daí não compreender resposta que se pauta pelo ressabianismo, puro e duro. Não há ninguém imune a críticas, desde que de forma honesta e construtiva, é bom que a AEDA se recorde deste ponto crucial. Críticas aceito, ressabianismos é que não.
        Indo ao que refere, até agora não convidei nenhuma empresa para reconverter algum edifício meu, pois, para já não os tenho. Contudo, e para que conste, pretendo fazer isso mesmo a seu tempo, num tempo não muito distante, já que pretendo adquirir pelo menos um edifício antigo para recuperar. Faço questão disso, o que saberia caso andasse devidamente informado sobre quem sou.
        Além disso já andei no terreno, há meses atrás, com alguns investidores nacionais, que me pediram ajuda para conhecer este território e encontrar locais ideais para investimentos, um deles implica a reabilitação de vários edifícios antigos. Mais uma vez mostro como anda mal informado. E já que refere os “familiares”, tenho um que tem uma empresa de construção e, curiosamente, até costuma fazer algumas obras de reabilitação do edificado antigo. Imagine-se que até já trabalhei com este familiar em obras de construção civil, sabendo portanto o que é afinal o saber construir, ao contrário de outros que nunca trabalharam neste sector. Mais uma vez mal informado.
        Caso também não saiba, já incitei algumas empresas para que ponderassem seriamente a sua reconversão, na procura de novos nichos, evitando assim o seu encerramento. Leia jornais e leia o meu blog, pois está lá tudo meu caro. Como pode ver, está claramente mal informado, talvez por mau aconselhamento. Eu estou a avançar com projectos, uns já no terreno, outros surgirão a seu tempo. Só não avancei com mais projectos porque há quem se sinta incomodado com o facto de eu estar interessado em os desenvolver. Se andasse informado saberia que já fui “impedido” de lançar um projecto de relevância regional, contudo parece que não anda informado, ao invés refugia-se num discurso supérfluo e inconsequente, o qual em vez de justificar factualmente as opções, vira-se para o ataque directo.
        As minhas prioridades sou eu, e apenas eu, que as defino. Exportar e riqueza são palavras fáceis, sobre as quais eu muito poderia dizer. E se há falta de ideias para desenvolver oportunidades dentro do mercado, lembro apenas uma que lancei há anos atrás, as aldeias do carso. Os mercados para estas empresas constroem-se, mas para isso há que inovar. Conhece ao menos o GECoRPA? No meu blog tenho o link…
        Para a próxima informe-se antes de criticar só porque se sente incomodado com críticas honestas e construtivas. Fica-lhe mal utilizar “tretas” como argumentação de contra-ataque. Não fui incorreto com ninguém, portanto se se sente incomodado com críticas honestas, sugiro-lhe que se lembre que vive numa sociedade democrática, na qual existe o direito à crítica, desde que séria e honesta, tal como eu critiquei inicialmente.
        De lirismo nada sei, o meu forte é mesmo o património…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: