Autarcas de Pombal orgulhosos com resultados da PMUGEST

cafetaria casteloA Câmara de Pombal está satisfeita com os resultados da única empresa municipal de Pombal, a PMUGEST – Pombal, Manutenção Urbana e Gestão. A entidade fechou o ano de 2012 com um resultado positivo na ordem dos 68 mil euros.

Melhor que isto é impossível”, disse Diogo Mateus, vice-presidente da autarquia e candidato à presidência, depois de ter sido votado, por unanimidade, o relatório de contas da PMUGEST, caracterizada por ser, também, uma empresa de inserção social.

Detida, na sua totalidade pelo Município, a empresa desenvolve um conjunto de actividades em diversas áreas, com maior destaque para a prestação de serviços de limpeza e manutenção de espaços públicos e privados. Gere e explora as zonas de estacionamento de duração limitada da cidade e o parque de estacionamento subterrâneo da Praça Marquês de Pombal, assim como a publicidade externa no concelho.

A PMUGEST tem, ainda, sob sua gestão e exploração o Café Concerto (no Teatro-Cine de Pombal) e a Cafetaria do Castelo.

Para a vereador Ana Gonçalves, que administra a empresa, o resultado “demonstra todo o esforço desenvolvido nos últimos anos” que se traduziu numa entidade “mais forte e viável economicamente”.

Apesar de 2012 ter sido um “ano difícil” em termos de facturação, “foi feito um esforço muito grande na redução de custos”, referiu a vereadora social-democrata, acrescentando que “podemos nos orgulhar que as empresas municipais quando bem geridas podem ser um grande apoio às câmaras municipais”.

Os números de finais do ano da PMUGEST foram sublinhados por todos os membros do executivo camarário, com o vereador socialista Adelino Mendes a referir que a Câmara “deve estar satisfeita pelo resultado alcançado”, adiantando que “o modelo de Pombal devia ser duplicado em outros municípios do país”.

No entanto, o autarca da oposição sugeriu que fosse eliminado o estacionamento pago na Avenida Biscarrosse, no centro da cidade, devido à sua reduzida utilização. “Deve-se ponderar se de facto se justificará manter aquele parque de estacionamento pago”, disse.

Já o presidente da Câmara Municipal, que também preside ao conselho de administração da PMUGEST, não deixou de destacar a performance da mesma. “O concelho de Pombal e os seus munícipes estão de parabéns”, disse Narciso Mota, deixando um “reconhecimento público” aos cerca de 70 colaboradores da empresa.

Para o resultado final, contribuiu os mais de 45 mil euros recebidos pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) para apoio, em média, dos sete postos de trabalho provenientes do mercado social do emprego.

Quanto aos ganhos por actividade, o maior (cerca de 895 mil euros) refere-se à manutenção urbana, que tem como principal cliente a própria Câmara Municipal de Pombal, com um peso de mais de 52 por cento no volume de facturação. No entanto, aquela área mantém a registar um resultado negativo, na ordem dos 24.560 euros. Já o estacionamento de duração limitada proporcionou um ganho de cerca de 215 mil euros (com resultado positivo na ordem doa 115 mil euros), seguindo a exploração de publicidade com 113 mil euros, e um “lucro” de 50.200 euros. O Café Concerto traduziu um ganho de 48 mil euros, apesar do resultado final ser de 29 mil euros, e a Cafetaria do Castelo cerca de 10.600 euros, com um resultado positivo na ordem dos 17 mil euros.

Anúncios

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: