Mulher desaparecida há três dias choca aldeia de Netos

Durvalina dos SantosA pequena aldeia de Netos, na freguesia de Almagreira (Pombal) está em choque com o desaparecimento de Maria Durvalina Santos, de 83 anos de idade, que desde quinta-feira não é vista. GNR, bombeiros, populares e familiares têm estado a efectuar buscas no sentido de localizar a mulher, mas sem sucesso.

O alerta do desaparecimento foi dado por uma das filhas na noite de quinta-feira. Quando Vitória Santos chegou, ao final do dia, verificou que a mãe não se encontrava na sua casa, próxima da sua residência. Notei que ela tinha a porta de casa fechada e pensei que tinha ido dar uma voltinha”, conta. No entanto, a mãe não voltou a casa naquele dia, pelo que foram alertadas as autoridades e iniciadas as buscas até noite dentro.

Vitória Santos explica que no interior de casa estavam a carteira e os documentos pessoais da mãe, não havendo qualquer indício de assalto ou roubo. Por outro lado, tendo em conta que se trata de uma idosa com mobilidade reduzida, “não podia fugir para tão longe”, afirma, acrescentando que “ou está muito próximo ou levaram-na para algum lado”.

Fernando Matias, presidente da Junta de Freguesia de Almagreira, refere que o desaparecimento de Maria Durvalina Santos está a provocar alguma tristeza na aldeia de Netos, no limite do concelho de Pombal com Soure. “É uma aldeia onde há grande proximidade entre as pessoas” pelo que “sentem quando perdem alguém que lhes está próximo”, refere o autarca, que tem estado a acompanhar as operações de busca.

No terreno têm estado militares da GNR com equipas cinotécnicas e elementos do Grupo de Intervenção de Protecção e Socorro (GIPS), que entretanto terão alargado o perímetro de busca. Na sexta-feira à tarde chegou a ser colocada a hipótese da idosa ter caído a um poço nas proximidades da sua habitação, tendo os bombeiros procedido ao esvaziamento do mesmo, mas tal não se confirmou.

 

Anúncios

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

One Response to Mulher desaparecida há três dias choca aldeia de Netos

  1. Ernesto Andrade says:

    Coitada da “ti” Durbalina nao merecia isto na fase final da sua vida, oxala que seja encontrada em breve…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: