CDU quer reforçar posição em Pombal e ganhar voz na Assembleia Municipal

apres candi CDU PombalA Coligação Democrática Unitária (CDU) quer reforçar a sua posição no concelho de Pombal ao apostar nas candidaturas de Jorge Neves e Fernando Domingues à Assembleia e Câmara Municipal, respectivamente. Conscientes do “panorama político adverso” no concelho, os comunistas querem ganhar representatividade nos órgãos autárquicos, em especial na Assembleia Municipal.

A candidatura, que tem como mandatário o escritor e antigo professor do ensino secundário António Marques, foi apresentada na tarde de ontem, domingo, numa sessão pública que contou com a presença de Ângelo Alves, membro do Comité Central do Partido Comunista Português.

Na sua intervenção, Fernando Domingues, de 56 anos de idade, natural e residente da pequena localidade do Barrocal, na freguesia de Pombal, começou por se referir às diversas acções que a CDU tem desenvolvido, nos últimos meses junto da população do concelho, sobretudo na agregação de freguesias, encerramento das estações dos correios da Guia e Albergaria dos Doze, e nos prejuízos causados com o temporal de 19 de Janeiro deste ano.

Por outro lado, o candidato referiu-se ao elevado número de obras em curso na cidade devido ao “frenesim das eleições autárquicas”. “Obras despesistas e demagógicas” realizadas “sem que os munícipes sejam ouvidos”, disse Fernando Domingues, lembrando que “ainda existe mais de 60 por cento da população do concelho sem saneamento básico” apesar de “já passarem 39 anos do 25 de Abril”.

O candidato critica, também, as obras de regeneração urbana no centro histórico da cidade, prejudicando os comerciantes da área, e “quando não se perspectiva nada para a reabilitação do património habitacional que está degradado e despovoado”.

No seu entender, o objectivo da candidatura passa por eleger o cabeça de lista à Assembleia Municipal, Jorge Neves, funcionário dos CTT e residente em Albergaria dos Doze, assim como “fazer crescer a votação em algumas das freguesias”. Ou seja, “pôr mais CDU no concelho de Pombal”, frisou.

Eleições que para Ângelo Alves, dirigente nacional do PCP, “têm uma importância especial”. Reconhecendo que “Pombal não é um concelho de intervenção fácil para a CDU”, o comunista referiu que nas próximas Autárquicas “haverá um reforço da CDU no concelho para poder reforçar a defesa das populações”.

Por outro lado, realça Ângelo Alves, as eleições deste ano “irão determinar o futuro da nossa Nação e do nosso povo”, pelo que “temos de olhar para estas eleições como mais uma forma de luta” para derrubar o Governo PSD/CDS-PP.

Antes, o representante da Juventude Comunista, Tiago Ferreira, apontou o desemprego e a defesa do ensino público como uma das bandeiras dos jovens. E referiu-se a Jorge Neves e Fernando Domingues como “a expressão e os rostos deste projecto político coerente da CDU”.

Anúncios

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: