Ilha substitui escolas com novo e moderno centro educativo

inaug Centro Educativo IlhaO presidente da Junta da Ilha, Carlos Domingues, enalteceu, domingo, a importância do novo centro educativo da freguesia, que corresponde a “muitas solicitações” que fez à Câmara Municipal de Pombal a “pensar no futuro da Ilha”.

O novo edifício, orçado em cerca de 800 mil euros e financiado por fundos comunitários, irá receber, a partir do próximo ano lectivo, as mais de 80 crianças da freguesia actualmente distribuídas por cinco escolas.

Para o autarca social-democrata, a concentração de todos os alunos em novas e modernas instalações foi a “solução mais pacífica e entendida como necessária pela população”. Por outro lado, vem “prolongar o edifício do pré-escolar requalificado em 2009”.

Carlos Domingues, que completa 12 anos ao serviço dedicado “à causa pública”, aproveitou para solicitar ao executivo camarário a cedência das escolas, agora desactivadas, a instituições e colectividades da freguesia que já manifestaram interesse nas mesmas.

Por outro lado, o autarca fez uma viagem de 360 graus para citar os diversos equipamentos construídos na sede de freguesia, junto ao novo centro educativo, como é o caso do Centro Social e Paroquial, os balneários e polidesportivo, a requalificação da pré-primária, a requalificação urbanística na Rua da Igreja, e o recém inaugurado Lar S. José. “Valeu a pena”, disse o presidente da Junta.

Por sua vez, o presidente da Câmara Municipal de Pombal, Narciso Mota, destacou o facto de aquele centro educativo ser o décimo a inaugurar no concelho, “já estando em perspectiva um outro na freguesia da Mata Mourisca e outros projectados como é o caso na própria cidade de Pombal”.

O autarca destacou a estratégia do município em construir novos edifícios de centros educativos, com vista a dotar os alunos do concelho de “condições iguais”, para além de corresponderem aos desafios que são colocados perante o sucessivo encerramento de escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico, e que, nas últimas décadas, já atingiram cerca de sete dezenas.

Fazendo uma comparação entre as condições das antigas escolas primárias com os actuais centros educativos, Narciso Mota, referiu que “devemo-nos sentir felizes e realizados”. O presidente da Câmara deixou uma “palavra de homenagem” aos “homens e mulheres que “se preocupam com o bem da comunidade” como é o caso dos respectivos presidentes de junta.

O Centro Educativo da Ilha foi benzido pelo D. Francisco da Mata Mourisca, Bispo de Uíje, natural daquela freguesia.

 

Anúncios

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: