João Santos é o candidato mais novo a uma junta de freguesia de Pombal

JAS Vila CaAo concorrer, com 22 anos de idade, à presidência da Junta de Freguesia de Vila Cã, o recém-licenciado em Direito, João Antunes Santos, torna-se no candidato mais novo à presidência de uma autarquia no concelho de Pombal.

O jovem social-democrata refere que se candidata “numa altura peculiar da nossa história democrática, em que os políticos estão desacreditados e em que a actividade política é vista como uma imposição e uma consequência negativa da vida em sociedade”. Daí que queira contribuir para que “esta visão perigosa que a política tem vindo a transmitir seja ultrapassada”.

“Candidato-me para que as pessoas, neste caso os vilacanenses concluam que é no órgão político que lhes está mais próximo que devem começar a acreditar que quando a actividade política é encarada como um meio digno para onde os sonhos de todos convergem”, garante o secretário-geral da JSD de Pombal, que é também Conselheiro Nacional da mesma estrutura jovem partidária.

João Antunes Santos quer “imprimir um projecto ambicioso para Vila Cã”, de onde é natural e onde é dirigente do Centro Social local. “Quero ser sinónimo de um novo ciclo de pujança, modernidade e desenvolvimento deste território”, no sopé da Serra de Sicó.

“Quero aliar a força, a garra e a irreverência de sonhar com mais Vila Cã, que a minha juventude me concedem, com a experiência, a sabedoria e a sensatez daqueles que vão integrar o meu projecto, dando assim a Vila Cã as condições invejáveis para virmos a desenvolver um trabalho exímio”.

Presidida há 20 anos pelo PSD, o candidato reconhece que a freguesia e a sua junta “funcionam bem, ou mesmo muito bem”. Porém, considera que “há muito espaço para onde crescer e para fazer mais e melhor”.

De entre outras propostas que apresenta ao eleitorado, o jovem pretende potencializar os “grandes diamantes em bruto” de Vila Cã. Ou seja, a “tradição agrícola”, a “vasta mancha florestal”, e a sua Serra de Sicó.

Na opinião de João Antunes Santos, Vila Cã deve assumir-se como a “Mãe da Serra de Sicó” e a “Capital da Serra de Sicó”. “Esta deve ser valorizada ao nível turístico, ao nível desportivo e ao nível do seu património geomorfológico, cultural e gastronómico”, afirma.

 

 

Anúncios

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

3 Responses to João Santos é o candidato mais novo a uma junta de freguesia de Pombal

  1. luis filipe da silva says:

    Aqui vou dizer o que me vai na alma .de dia adia acredito menos nos partidos e seus governantes.
    Quem do partido nomeia um candidato a um cargo que carece experiência conhecimento não conheço o candidato mas é mais um para levar ao colo coisas de compadrio.
    Assim vão presididas as Juntas de Freguesia as Câmaras Municipais e o Governo da REPUBLICA e o povo a pagar o que os outros comem e chama lhe democratas.
    Paro por aqui espero não ter ofendido ninguém mas é o meu raciocínio

  2. Leontino Conceição says:

    Boa tarde Sr. Luís Silva
    O meu comentário ao que escreveu é apenas para reflectir sobre as suas afirmações “…não conheço o candidato…” se não o conhece como se atreve comentar? Apenas por ser jovem?. “…um cargo que carece de experiência e conhecimento…”. João Santos por ser novo não quer dizer que não tenha Experiência e Conhecimento, pelo contrário, talvez tenha mais que outros que se candidatam pela primeira vez a uma Junta de Freguesia, mesmo com o dobro ou o triplo da sua idade, nem sempre a idade conta, senão vejamos o seu curriculum publicado no Faceboock/PSD/Pombal, a saber:

    “João Antunes Santos tem 22 anos é solteiro e jurista de profissão.
    É Deputado Municipal, Secretário Geral da JSD Pombal, Vogal e Diretor de Informação da JSD Regional de Leiria; Membro da Coordenadora Nacional dos ESD (Est. Social Democtas); Conselheiro Nacional da JSD.
    Ao nível da sua intervenção associativa, João Antunes Santos é, desde 2010, 1º Secretário da Mesa da Assembleia Geral do Centro Social de Vila Cã.
    Foi também Secretário da Direcção e Presidente da Mesa da Assembleia Geral da ADEPES – (Associação De Estudantes Pombalenses do Ensino Superior) e Suplente do Conselho Fiscal da AAFDL (Associação Académica da Faculdade de Direito de Lisboa)”.

  3. Carlos Santos says:

    Boa tarde,

    Caro Leontino, o seu comentário é notório de ignoráncia grosseira, quem apresenta um curriculo dessa natureza não significa que tenha quaisquer competências acrescidas, bem pelo contrário, pode esconder bastante falhas funcionais e processuais.

    Melhores cumprimentos
    CS

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: