Mais de 1400 escuteiros reunidos na Guia para “dar cor ao futuro”

jambeirasMais de 1400 escuteiros da região de Coimbra participaram no Acampamento Regional – Jambeiras – que durante uma semana se realizou na vila da Guia, na zona Oeste do concelho de Pombal.

Sob o lema “Dar cor ao teu futuro” o evento reuniu representantes dos diversos agrupamentos da região, assim como dos agrupamentos de Calendário, Vila Nova de Santo André, S. Domingo de Benfica e Santiago de Cacém.

Nelson Pedrosa, responsável pela imagem e comunicação do Jambeiras, traçou ao nosso jornal um “balanço bastante positivo” traduzido pelo facto das várias actividades desenvolvidas terem ido ao encontro da “vivência e do imaginário” dos jovens escuteiros participantes.

Durante uma semana, os escuteiros tiveram oportunidade de participar em diversas actividades adequadas às respectivas secções, de acordo com as idades. Como exemplo, Nelson Pedrosa destaca o facto de os Lobitos (dos 6 aos 10 anos) terem executado mascotes a partir da reciclagem de resíduos sólidos provenientes do acampamento, como tampas, embalagens de leite e de iogurte, entre outras.

Já os Exploradores (dos 10 aos 14 anos) deslocaram-se, num raid, à base aérea de Monte Real, onde verificaram, “in loco”, como os militares “gerem situações mais complicadas” para além de terem tomado contacto com os conhecidos F16.

Por sua vez, os Pioneiros (dos 14 aos 18 anos), também em raid de bicicleta pela Mata Nacional do Urso participaram no parque aventura na Serra da Boa Viagem, na Figueira da Foz.

Por último, os jovens dos 18 aos 22 anos (Caminheiros) participaram em actividades de animação e de serviço comunitário em duas instituições particulares de solidariedade social dos concelhos de Soure e Pombal.

Para Nelson Pedrosa, o 7º Jambeiras, que fecha as portas hoje, correspondeu às expectativas iniciais, atingindo um número de participantes esperado. Por outro lado, o responsável destaca o acolhimento proporcionado pela Junta de Freguesia da Guia e do Município de Pombal, assim como o local destinado ao acampamento. A Fonte das Cabecinhas que “é um espaço bastante agradável e adequado ao evento, com muitas sombras e arboredo”, refere.

O Chefe de Campo, Pedro Monteiro, refere-se aos desafios lançados pelo evento e que “dão-nos a oportunidade de mostrarmos a nossa capacidade de ultrapassar as dificuldades e de escolhermos o nosso futuro, que queremos pleno e colorido”.

O Chefe de Campo acredita que aquele Jambeiras “terá um significado adicional no caminho percorrido pelo escutismo na nossa região, permitindo-nos continuar a acumular vivências e amizades, que continuam a ajudar-nos a todos a crescer cada vez mais”.

Autarca da Guia sonha com parque verde

O presidente da Junta da Guia considera que o Jambeiras “comprova as “reais potencialidades” da Fonte das Cabecinhas para ser um parque verde. Um “sonho” que Manuel António Santos mantém desde há alguns anos. “Esperamos que este evento sensibilize os próximos autarcas para dar corpo a um projecto que não pode ser concretizado sem a vontade política”, frisa.

A intenção é a criação de um corredor ribeirinho que proporcione um espaço para desporto e lazer, numa zona junto ao centro da vila.

O autarca destaca ainda a importância do Jambeiras para dar a conhecer a freguesia da Guia e o concelho de Pombal.

Anúncios

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: