Pagamento a advogado divide executivo municipal em Pombal

conf imp CM PombalO executivo municipal de Pombal dividiu-se, ontem, quanto à forma de pagamento dos honorários ao advogado Teófilo Santos relativos à defesa dos interesses do Município no processo relacionado com o desvio de mais de 540 mil euros por parte de um funcionário da autarquia.

Os dois vereadores do PS, abstiveram-se na votação, “não pelo valor dos honorários em si”, no valor de 55 mil euros, mas pelo facto de o advogado leiriense manter com a Câmara um contrato de prestação de serviços de assessoria jurídica. “Fomos apanhados de surpresa pela forma como o processo chegou aqui”, referiu Carlos Lopes.

O presidente da Câmara, Narciso Mota, alega que aquela defesa “extravasa” o âmbito do contrato estabelecido com o advogado e garante que contempla todos os serviços jurídicos desde o início do processo, há mais de três anos, e até que transite em julgado.

Anúncios

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: