Adelino Mendes quer eleitores a olhar “para além dos símbolos partidários”

jantar apoio cand PS PombalO candidato socialista à Câmara de Pombal pediu para que nas eleições de 29 de Setembro os munícipes olhem “para além dos símbolos partidários” votando em “consciência, nos candidatos, equipas e projectos que, no seu entendimento, melhor servem os interesses do concelho”. Ao falar, sexta-feira à noite, para cerca de mil pessoas num jantar de apoio à sua candidatura, Adelino Mendes justificou aquele pedido face à “situação dramática que atravessamos”.

O socialista iniciou a sua intervenção a traçar um cenário negro sobre a realidade concelhia, referindo, por diversas vezes que “está na hora de mudar”. Referiu-se, sobretudo, ao aumento do desemprego, à falta de oportunidade de emprego para os jovens, à ausência de incentivos para que as empresas se fixarem no concelho, aos elevados impostos municipais, ao aumento da pobreza e exclusão, à crise demográfica, ao difícil acesso à saúde, à falta de conclusão das redes de infra-estruturas básicas, e à reorganização administrativa que extinguiu algumas freguesias.

De seguida, Adelino Mendes apresentou uma “projecto de mudança” e de “esperança para restaurar a dignidade da nossa vida colectiva, para dinamizar o progresso económico e garantir o desenvolvimento social inclusivo”.

Elencou um conjunto de medidas para diversas áreas, designadamente economia e emprego, apoios sociais, educação, ambiente, redução dos impostos e taxas municipais, melhoria dos acessos à saúde, entre outros.

Entre outros projectos, garantiu a afirmação da marca “Pombal” e as suas “vantagens competitivas” designadamente “um território amigo do investimento, ligado às instituições científicas e tecnológicas, fortemente empreendedor, adequadamente infra-estruturados e com qualidade de vida”.

“Vamos dar um impulso decisivo ao saneamento básico, aumentando pelo menos 75 por cento a taxa de cobertura”, afirmou, prometendo a construção de uma Variante Sul, “ligando a A1, com um nó das Meirinhas, ao IC8, em Vila Cã, para desencravar as freguesias do Sul do concelho”.

Para tal, o candidato, que foi “apadrinhado” pelo membro do secretariado nacional do partido, Eurico Dias, disse contar com “equipas de gente experiente, competente, com provas dadas na vida profissional, com intervenção cívica e participação na vida da comunidade”. “Eles são excelentes candidatos” para “dar mais dinâmica, eficácia e maior abrangência ao trabalho das juntas de freguesia” e para “qualificar o debate na Assembleia Municipal, tornando-a a autêntica casa da democracia local”. Bem como para “construir um novo rumo na Câmara Municipal, recolocar o concelho na senda do desenvolvimento e restituir a esperança no futuro às nossas populações”, disse.

Anúncios

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: