“Autonomia” permite a Agrupamento contratar psicólogo e terapeuta da fala

escola sec PombalO Contrato de Autonomia que o Agrupamento de Escolas de Pombal celebrou com o Ministério da Educação vai permitir a contratação, em regime de meio horário de trabalho, dois técnicos especializados, um na área da Psicologia e outro na área da Terapia da Fala, segundo garante o presidente da Comissão Administrativa Provisória (CAP), Fernando Mota.

Aquele responsável considera que o técnico de Psicologia servirá “para apoio ao Gabinete de Apoio ao Aluno e à Família e acompanhamento de crianças, adolescentes e jovens, com percursos sociais e psicopedagógicos de risco”. Por outro lado, o Terapeuta da Fala destinar-se-á a apoiar a “unidade de apoio especializado para a educação de alunos com multideficiência e surdocegueira congénita e alunos com necessidades educativas especiais de carácter permanente tipificados com várias problemáticas, como linguagem, autismo, síndrome de Down e outras, nas quais é urgente e fundamental uma intervenção no âmbito da terapia da fala.”

Para Fernando Mota, aquele contrato de autonomia “poderá ser no futuro uma excelente ferramenta de gestão que poderá servir de alavanca para uma maior autonomia na gestão curricular e organização pedagógica”. Contudo, para que isso aconteça “é necessário que exista uma política de descentralização do sistema de ensino e se traduza numa real alteração da partilha de responsabilidade entre o Ministério e as escolas”, frisa.

Ainda segundo o presidente da CAP, no âmbito daquele documento, o Ministério da Educação e Ciência “pretende delegar nas escolas com contrato de autonomia algumas competências que são da exclusiva responsabilidade dos serviços centrais.”

O Agrupamento de Escolas de Pombal, resultante da fusão da Escola Secundária de Pombal com o então Agrupamento de Escolas Marquês de Pombal, foi uma das 104 escolas que se juntaram às 45 que já tinham contratos de autonomia, “um modelo que arrancou em 2007 com o Governo de José Sócrates, abrangendo, na altura, 22 escolas”, refere Fernando Mota.

Anúncios

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: