Secretário-geral da UGT realça “boas práticas” da Iber-Oleff

Carlos Silva UGTO secretário-geral da UGT, Carlos Silva, apontou ontem a Iber-Oleff, em Pombal, como uma “empresa de boas práticas” e com “garantias de futuro”. Afirmações proferidas após uma visita à unidade fabril localizada no Parque Industrial Manuel da Mota e considerada como “a maior empregadora do concelho”.

Para Carlos Silva, a Iber-Oleff que se dedica ao fabrico de componentes em plástico, designadamente para a indústria automóvel, “é uma empresa que gera empregabilidade, que gera valor acrescentado e com tecnologia de ponta” para além que “aplica o essencial daquilo que são as condições de trabalho e de segurança”.

“Num momento em que há grandes dificuldades a nível nacional e em que a UGT reclama a necessidade da produtividade e da competitividade do país não se analisarem pelos baixos salários, viemos constatar uma empresa onde não há salários de 485 euros”, frisou.

O líder nacional da União Geral dos Trabalhadores não tem dúvidas que com a existência daquela empresa, pertencente ao grupo Iberomoldes, “a região tem aqui uma forte oferta” lamentando, no entanto, que “não seja mais extensível” uma vez que “se todas as empresas fossem como a Iber-Oleff tínhamos uma situação no país considerada estável e satisfatória”.

Uma opinião corroborada por Amílcar Coelho, da delegação de Leiria da organização sindical. “Estamos satisfeitos com o que se passa aqui”, disse o dirigente, realçando que é função da UGT “estar presente junto dos trabalhadores, não só nas situações negativas mas também positivas”.

Também o secretário-geral do Sindicato Democrático da Energia, Química, Têxteis e Indústrias Diversas (SINDEQ) não tem dúvidas quando ao futuro da empresa que transmitiu uma preocupação com a estabilidade dos seus trabalhadores.

Por outro lado, Francisco Negrões considera uma “prioridade fundamental” o aumento do salário mínimo nacional. “Se os trabalhadores tiverem ordenados compatíveis com as potencialidades que dão relativamente às empresas, é um factor de desenvolvimento do país e não de atraso como alguns querem referir”, afirma.

 

Anúncios

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: