Autarca aponta o dedo ao “incumprimento dos proprietários”

visita ARH PombalO presidente da Câmara de Pombal aponta o “incumprimento das obrigações dos proprietários confinantes às linhas de água” para algumas situações de inundações verificadas no concelho nos últimos dias. Designadamente “às suas responsabilidades na manutenção das margens”, refere o autarca.

Diogo Mateus, citado numa nota de imprensa emitida pela Câmara Municipal após uma deslocação de técnicos da Administração da Região Hidrográfica ao concelho, entende que o alheamento dos proprietários “contribuiu, de certa forma, a que estes fenómenos com tanta chuva sejam agravados com diminuição das secções das ribeiras, por existência de vegetação e de obstáculos, a uma rápida progressão das águas”. Depois, “muito pontualmente com dificuldades de entrada em linhas de água nas outras, com os constrangimentos normais que resultam enormes níveis de pluviosidade”, acrescenta.

A visita dos técnicos da ARH, já prevista, para “conhecer as consequências que o mau tempo dos últimos dias tinha provocado ao longo do rio Arunca” acabou por “coincidir com um dia especialmente crítico” devido à intensa chuva verificada na terça-feira.

O autarca refere, na mesma nota, que aquele encontro “permitiu perceber que há um conjunto de intervenções que têm que ser realizadas rapidamente, quer em termos de projecto, quer em termos físicos”. “Percebemos igualmente que é preciso melhorar a intervenção e colaboração com proprietários rurais relativamente a drenagem dos seus terrenos”, adianta.

Por outro lado, o edil considera que “há situações que também justificam uma intervenção mais cuidada, seja na reabertura de valas que entretanto foram interrompidas, seja pela melhoria de pequenas construções que o tempo foi delapidando e que já não se encontram tão operacionais como se gostaria”.

“De um modo geral, constata-se que, apesar de tudo a capacidade de resposta das infra-estruturas públicas foi muito boa, pese embora os níveis de pluviosidade que se verificaram”, afirma.

Anúncios

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

One Response to Autarca aponta o dedo ao “incumprimento dos proprietários”

  1. Mendes says:

    Há 30 anos havia uma categoria profissional “guarda rios”. A sua função era vigiar a limpeza dos rios, valas, etc. Verificava se os proprietários cumpriam as suas obrigações. Reduzam os deputados, em vez de eliminarem profissões que podem contribuir para o desenvolvimento e manutenção do País.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: