“Como Tu” de Afonso Oliveira premiado no Shortcutz Xpress

Afonso Oliveira“Como Tu” de Afonso Oliveira, do Louriçal (Pombal), conquistou o prémio de Melhor Curta-Metragem no movimento internacional Shortcutz Xpress Viseu deixando-o “bastante surpreendido”. “Como é óbvio foi um grande orgulho, contente e é motivante para continuar a trabalhar e tentar avançar com outros projectos do género”, diz.

Aquela curta-metragem surgiu da necessidade de Afonso Oliveira apresentar o projecto final do seu curso de Som e Imagem, “mas sempre a pensar que não fosse apenas mais um exercício escolar” mas sim um trabalho de “portfólio e o qual o pudesse apresentar em festivais de curtas”, afirma.

“Sendo o argumento escrito por mim, a ideia e o tema mais evidente, surge numa altura em que o tema era actual, com o caso da Sara Norte, presa por posse de droga”, refere o realizador, adiantando que “houve uma inspiração e abordagem do assunto com a visualização do filme ‘Maria Cheia de Graça’”.

Contudo, o louriçalense afirma que o tema principal “reflecte a relação mãe e filha, o amor que as mães têm para os filhos o estarem sempre preocupadas, o fazerem tudo por eles, que por vezes podem trazer dissabores.”

“Como Tu” é o segundo filme realizado por Afonso Oliveira que, em 2009, já tinha filmado “A Viagem”, a sua primeira curta-metragem, no âmbito do mesmo curso concluído na Escola Superior de Arte e Design de Caldas da Rainha. Antes concluiu o curso Profissional de Artes Gráficas e Multimédia tendo começado a trabalhar como editor e videografo freelancer de vídeos de casamentos, eventos culturais, desportivos e vídeos promocionais.

O elenco principal do “Como Tu”, com uma duração de 11:26 minutos, é constituído por Tânia Leonardo, Adriana Silva, José Oliveira, Rui Semeador e Suse Horta. Conta a história de uma mãe solteira que vive com a sua filha. Na iminência de não ter dinheiro, nem para comer, vê-se obrigada a aceitar entrar num esquema de tráfico de droga.

“Durante a preparação para se tornar uma mula de droga, Lúcia é observada por sua filha Maria. Com sérias dificuldades financeiras, Lúcia decide em fazer o trabalho sujo, em troca do dinheiro, que certamente ajudará e mudará a sua vida e a de sua filha. Amedrontada e nauseada, Lúcia aborta a viagem e regressa a casa. Os dias seguintes tornam a vida de Lúcia uma tormenta, que a fazem reflectir sobre a felicidade financeira versus felicidade emocional e bem-estar”, conta a sinopse da curta-metragem escrita e realizada por Afonso Oliveira.

 

Anúncios

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: