PS denuncia “incorrecções” detectadas na gestão da ETAP

Carlos Gameiro LopesA Concelhia do PS de Pombal denuncia um conjunto de incorrecções  na gestão da Escola Tecnológica, Artística e Profissional de Pombal (ETAP). Num comunicado, os socialistas salientam que a gestão da escola “foi uma preocupação constante” do partido, que “identificou vários problemas financeiros na Pombal Prof/ETAP, que os responsáveis pela gerência à data sempre procuraram sonegar e branquear”.

O PS destaca o “elevado passivo, a excessiva dependência de créditos bancários de curto prazo, a diminuição das receitas próprias, a insuficiência dos capitais próprios e a situação de falência técnica em que a sociedade esteve vários anos”.

Para os socialistas, o relatório revela “diversos erros de gestão” e que a gerência “não assumiu cabalmente as suas responsabilidades na execução e controlo da gestão da empresa”.

O PS lembra ainda que, em 2011, votou contra a alienação parcial da participação da autarquia no capital social da Pombal Prof, pois iria “diminuir o acompanhamento municipal sobre o funcionamento da escola”.

“A gerência da Pombal Prof e a direcção da ETAP não fizeram um acompanhamento rigoroso das candidaturas a fundos comunitários, sendo registados proveitos correspondentes a valores não aprovados, aumentando-se por essa via, de forma fictícia, o activo e o passivo (empolados em mais de 300 mil euros) e os resultados da empresa (empolados em cerca de 75 mil euros)”, destaca ainda a Concelhia liderada por Carlos Gameiro Lopes.

No comunicado, o partido de oposição sugere uma revisão da estrutura orgânica da ETAP, “com a redução de nove para três do número de lugares de direcção e ajustamento dos recursos humanos e materiais às reais necessidades da empresa”. A “revisão do projecto educativo” e o “reforço dos capitais próprios da Pombal Prof, através de uma operação de aumento de capital”, são outras das sugestões apontadas.

O comunicado surge depois de os vereadores socialistas terem solicitado ao presidente da Câmara, que integra a gerência da Pombal Prof. O Autarca social-democrata entregou uma cópia do documento na última reunião camarária tendo pedido alguma reserva, para que a imagem da ETAP não fosse beliscada num momento de reestruturação e de recuperação da credibilidade que já teve.

Entretanto, em declarações à agência Lusa, que teve acesso, e revelou parte do relatório da autoria, fonte do gabinete do presidente da autarquia refere que o “relatório está a ser analisado” e que algumas das irregularidades detectadas na auditoria “já foram rectificadas”. “Está a ser desenhada uma nova oferta formativa, mais ajustada à realidade actual” e estão a ser estabelecidas “novas parcerias com empresas e com o Instituto Politécnico de Leiria”, acrescenta a mesma fonte.

“Queremos abrir a escola à comunidade, pelo que já avançámos para a criação do Conselho Consultivo, que não existia. Este é o momento de credibilizar aquela que foi a primeira escola profissional do país”, salienta o gabinete do presidente, revelando que o relatório e contas será apresentado no próximo mês.

Anúncios

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: