Câmara de Pombal anuncia investimento de mais 1,5 milhão em parques industriais

diogo mateusO presidente da Câmara de Pombal, Diogo Mateus, anunciou hoje um investimento superior a 1,5 milhões de euros na requalificação dos parques industriais do concelho e na criação de um novo na freguesia do Louriçal.

Na cerimónia de inauguração da nova unidade de produção de sumo da Indumape, o autarca anunciou a requalificação do Parque Industrial Manuel da Mota, cuja obra “já está adjudicada e está orçada em mais de 350 mil euros”.

A autarquia pretende ainda requalificar a Zona Industrial da Formiga, junto à cidade, prevendo um custo “no valor de 200 mil euros”.

Diogo Mateus referiu também a “criação de um novo parque industrial na freguesia do Louriçal”, que “conta com um investimento de 940 mil euros”.

“Trata-se de um conjunto de investimentos que o município, com financiamentos comunitários, quer realizar e que ultrapassa mais de um milhão e meio de euros. Fizemos acompanhar estas medidas com modificações no nosso ordenamento do território, de forma a ter capacidade de fixar outras indústrias e atrair outro tipo de interessados”, acrescentou Diogo Mateus.

A par disso, o autarca anunciou ainda a realização de encontros entre empresários e organismos públicos e privados, “que garantam a possibilidade de fazer a promoção de Pombal”.

“O primeiro encontro da internacionalização das empresas de Pombal, que será feito com o Instituto de Promoção e Desenvolvimento da América Latina, está agendado para o próximo mês”, disse o presidente da Câmara, que espera que possam surgir “novas oportunidades de negócio”.

Apesar da ausência do ministro da Economia, Pires de Lima – que estava inicialmente prevista e que se fez representar pelo presidente do Iapmei, Miguel Cruz -, o autarca de Pombal pediu à ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas, para não deixar esquecer as falhas “constantes” no fornecimento de energia às empresas.

“A qualidade de fornecimento de energia eléctrica dos parques industriais é a pior. Sendo certo que um serviço melhor tem de custar mais a todos, também é verdade que do ponto de vista da qualificação e do crescimento da nossa economia, é necessário sublinhar a vantagem de melhorar o serviço prestado aos nossos parques industriais”, sublinhou Diogo Mateus.

Anúncios

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: