Instituto D. João V realça importância dos azulejos da Igreja do Convento

Igreja Convento LouriçalPromover o conhecimento e a salvaguarda do património azulejar, em particular o da Igreja do Convento do Louriçal, é um dos objectivos da actividade que o Instituto D. João V irá realizar na quarta-feira, dia 7, no centro da vila do Louriçal. A iniciativa contará com a participação de representantes da junta de freguesia, Câmara Municipal de Pombal e insere-se no projecto “Acção Escola SOS Azulejo 2014” dinamizado pelo Museu da Polícia Judiciária.

“Os docentes de História consideraram o desenvolvimento deste projecto de grande interesse, desde logo porque permitia estimular junto dos alunos o interesse pelo património local, em particular pelos painéis de azulejos que se encontram na Igreja do Convento, um monumento nacional erigido no século XVII”, refere a relações públicas da escola, adiantando que “a autoria dos painéis de azulejos azuis e brancos que revestem a nave única da Igreja não está ainda absolutamente determinada, já que o Instituto Português do Património Arquitectónico a atribui à oficina lisboeta do mestre Bartolomeu Antunes, enquanto José Meco, especialista em azulejaria, considera que será do pintor Valentim de Almeida.”

De acordo com Ana Lourenço, “os painéis de azulejos em causa relatam episódios da Paixão de Cristo e da vida de S. Francisco de Assis.” Por sua vez, a professora Otília Jorge refere que “uma particularidade interessante tem acentuado a curiosidade relativa a estes azulejos, é que na parede lateral esquerda, e por baixo do púlpito, os painéis, apesar de conterem a totalidade dos azulejos, encontram-se colocados de forma aleatória, o que impede a leitura iconográfica dos mesmos.”

Foi precisamente sobre este painel que o Instituto D. João V fez incidir a sua “Acção Escola SOS Azulejos”. “O painel foi fotografado e ampliado à escala; foi retirada a parte onde os azulejos se encontram colocados de forma aleatória e foi individualizada a imagem de cada um dos azulejos que compõem essa área”, diz Ana Lourenço.

Na quarta-feira, será apresentada a ampliação na praça central do Louriçal e convidada toda a comunidade para procurar reconstituir o painel original (que se desconhece) como se de um puzzle se tratasse. Os principais responsáveis pela tentativa de reordenação dos azulejos serão, contudo, os alunos do 4.º ano da escola do 1.º ciclo do Louriçal e os dos 5.º e 6.º anos do IDJV.

Refira-se que os alunos do 4.º ano realizaram já uma visita de estudo à igreja do Convento, onde foram sensibilizados para o importante património azulejar existente na vila e para a necessidade da sua preservação e valorização.

Anúncios

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: