Autarquia apresenta projecto de requalificação do centro de saúde

Centro Saude PombalA Câmara Municipal de Pombal vai apresentar, publicamente, numa sessão de esclarecimento a ter lugar no Teatro-Cine da cidade, no dia 27, o projecto de requalificação e ampliação do centro de saúde, que representará um investimento de 1,1 milhões de euros.

Uma obra já adjudicada e que resulta de uma candidatura ao Programa Operacional Regional do Centro que a comparticipará em 85 por cento.

Segundo o presidente da Câmara, Diogo Mateus, “sob o ponto de vista físico, o projecto foi desenvolvido para salvaguardar duas unidades de cuidados de saúde personalizados em Pombal, que vão partilhar o mesmo espaço, mas que, funcionalmente, trabalharão de forma autónoma” mas que contarão com “serviços comuns às duas unidades, como a higienização, a esterilização, os armazéns ou a secretaria-geral”.

Quanto à requalificação do edifício, passa pela substituição da cobertura, janelas e portas, da renovação do sistema de saneamento, electricidade e água, isolamento das fachadas ou a instalação de um novo elevador. Todo o equipamento vai ser, também, renovado.

“Temos, também, a integração dos serviços do ex-Instituto da Droga e da Toxicodependência, que funcionam em instalações arrendadas há 16 anos, pelo que deixa de haver esse encargo municipal”, adiantou Diogo Mateus, reconhecendo que, apesar de a saúde não ser uma competência da autarquia, a “importância que a obra tem para a freguesia e para o concelho justifica a assunção deste investimento”.

Segundo informação da autarquia, no rés-do-chão do edifício, que será remodelado e ampliado para terreno municipal, está prevista a criação de cinco gabinetes médicos e instalações destinadas ao Centro de Apoio à Toxicodependência. O primeiro piso passa a comportar 12 gabinetes médicos e uma área destinada à saúde materna e infantil, além de outros espaços.

A obra tem um prazo de execução de um ano e será encontrada agora “uma solução sob o ponto de vista técnico e funcional, mas não muito dispendiosa, na cidade, para receber os serviços de saúde transitoriamente durante o período dos trabalhos”, disse o autarca.

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: