Centro de Saúde “será das principais obras públicas” de Pombal

apres projecto requalificacao centro saudeO presidente da Câmara de Pombal, Diogo Mateus, afirmou na terça-feira que o novo centro de saúde da cidade “será das principais obras públicas do concelho, não tanto pelo poder financeiro que presenta, mas pelo efeito social”. O autarca falava durante a sessão pública de apresentação do projecto, na presença do presidente da Administração Regional de Saúde do Centro (ARS Centro), José Tereso.

Diogo Mateus salientou a “complexidade da operação” de requalificar e ampliar o centro de saúde, num investimento de cerca de 1,2 milhões de euros, comparticipado em 85 por cento por fundos comunitários, tendo realçado a “boa articulação” entre a ARS Centro, o Município e o Mais Centro da Comissão de Coordenação de Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC).

Segundo o edil, a empreitada, já adjudicada, aguarda pelo visto do Tribunal de Contas, o que “deverá acontecer dentro de 15 dias”, devendo as obras iniciarem-se “no prazo de um mês ou um mês de meio”. Enquanto o decorrer da obra, com um prazo de execução de um ano, os serviços funcionarão em instalações provisórias integralmente suportadas pela autarquia, designadamente em contentores climatizados a instalar na zona adjacente do edifício.

Embora o arquitecto Carlos Vinhas, autor do projecto, ter reconhecido não ser o edifício “perfeito” mas que, tendo em conta a limitação da dotação orçamental, “procurou-se eliminar defeitos”, Diogo Mateus considera que o novo centro de saúde será um “equipamento moderno e funcional”.

A intervenção prevê dotar aquele centro de saúde de instalações funcionais para os diversos serviços prestados, distribuídas por dois pisos e cumprindo todas as exigências em termos de mobilidade e segurança contra incêndios. Prevê, ainda, a instalação de uma área para acolher a equipa multidisciplinar do ex-Instituto da Droga e Toxicodependência, actualmente a funcionar em espaço arrendado pelo município na cidade. Outra das novidades prende-se com a criação de uma área para fisioterapia com vestuários e ginásio.

O presidente da ARS Centro, José Tereso, aproveitou a ocasião para felicitar a Câmara de Pombal pelo “diálogo franco e aberto” para que “o objectivo fosse concretizado, o de dar mais saúde ao concelho”.

Também Bernardo Santos, do programa Mais Centro, enalteceu o “trabalho profícuo” entre a autarquia e a ARS Centro para que “o projecto se pudesse fazer”.

Por sua vez, Isabel Poças, directora executiva do Agrupamento de Centros de Saúde, não tem dúvidas que “será inegável os ganhos e as melhorias que todos vamos ter” com as novas instalações, respondendo, assim, a algumas críticas da previsível falta de espaços por parte de alguns profissionais.

 

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: