Requalificação da EN237 a concurso por 1,3 milhões

requalificação EN237A Câmara de Pombal aprovou lançar a concurso a obra de requalificação da Estrada Nacional (EN237), desclassificada, num troço urbano da zona do Barco, uma das entradas da cidade. A empreitada representará um investimento superior a 1,3 milhões de euros e será, em princípio, suportado na íntegra pelo orçamento municipal.

A aprovação do procedimento para abertura de concurso público ocorreu na reunião do executivo, realizada na tarde de terça-feira, e surge depois de a autarquia ter apresentado publicamente o projecto da obra aos moradores da zona no passado dia 13.

O projecto de requalificação irá contemplar o troço entre a Rua 8 de Dezembro (acesso a Caseirinhos) até ao acesso à Urbanização S. Cristóvão, na zona Nascente da cidade e que faz a ligação a todo o Norte do distrito de Leiria.

Naquela sessão pública de apresentação do projecto – e que acabaria por ser aplaudido pelos moradores -, o presidente da Câmara, Diogo Mateus, disse que houve a preocupação de reforçar a segurança rodoviária na zona, designadamente o atenuar da velocidade do tráfego automóvel, visto tratar-se de uma “malha urbana” da cidade e com oito intersecções de acessos. Pelo que as faixas de rodagem serão reduzidas e em algumas zonas com separador central.

Outro dos objectivos recaiu em encontrar uma solução que garanta a construção de passeios para circulação pedonal dos habitantes, bem como a resolução dos problemas da drenagem das águas pluviais. Por fim, os arranjos urbanísticos com plantação de novas árvores, construção de uma ciclovia e a instalação de mobiliário urbano.

A empreitada contempla, ainda, a construção de duas rotundas: uma na intersecção com a Rua de Ansião (um dos acessos ao centro da cidade) e outra de acesso à Urbanização S. Cristóvão, para além de uma estrada paralela de acesso às residências existentes ao longo da estrada.

Na reunião do executivo de terça-feira, Pedro Murtinho, vereador das Obras Públicas, informou que está ainda em fase de estudo prévio duas alterações ao projecto relacionadas com eventuais ligações directas, da EN237 à Avenida Heróis do Ultramar e uma outra ao lugar de Governos. O que poderá “fazer aumentar o valor da obra”, disse.

Por outro lado, quanto ao financiamento do investimento, o autarca afirmou que “não há nenhum espírito de expectativa do município em apresentar uma candidatura ao próximo quadro comunitário de apoio” uma vez que são ainda desconhecidos os eixos prioritários para os fundos europeus.

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: