Assembleia Municipal quer escola fechada só depois de construído novo centro escolar

Assembleia Municipal PombalA Assembleia Municipal de Pombal aprovou sexta-feira, por unanimidade, uma moção solicitando uma “autorização especial de funcionamento” da Escola do 1º Ciclo do Ensino Básico dos Matos da Ranha, na freguesia de Vermoil, e encerrada pelo Ministério da Educação e Ciência.

No documento, os autarcas consideram que “foi com alguma surpresa que fomos confrontados com a notícia do encerramento desta escola, já que de acordo com as informações recolhidas, o Município de Pombal nunca tinha concordado com esta possibilidade”.

Ao aprovar a moção, a Assembleia Municipal pretende que aquela escola, com 15 alunos matriculados para o próximo ano lectivo, se mantenha em funcionamento “até à construção do Centro Escolar da Freguesia de Vermoil”.

“Ao longo destes últimos anos, o município teve sempre um papel activo no processo de encerramento das escolas do 1º CEB, tendo tido sempre uma intervenção dinâmica e coerente, o que permitiu que tivesse iniciado este processo de reorganização escolar, ainda antes das determinações levadas a cabo pelo Ministério da Educação”, lê-se no documento, apresentado pela bancada da maioria social-democrata.

No entender dos autarcas, no caso específico de Matos da Ranha, “sabemos e sabe o Ministério, que o município está a preparar em articulação com a Junta de Freguesia de Vermoil, a construção do Centro Escolar para esta área territorial, cujos terrenos estão em aquisição e projecto em elaboração”.

“É legítimo e defensável decidir que esta unidade seja apenas encerrada, quando o novo centro escolar estiver construído”, dizem, adiantando que junto àquela escola “encontra-se a funcionar a valência de pré-escolar, que ficará fortemente debilitada” com o encerramento da escola.

A aprovação daquela moção surge depois de o presidente da Câmara de Pombal ter manifestado o seu “profundo desagrado” pelo facto de o Ministério da Educação ter decidido encerrar a escola de Matos da Ranha, sem avisar previamente a autarquia. Diogo Mateus chegou ao ponto de acusar o Governo de ter “escolhido as regras da má educação”..

Recorde-se que numa primeira listagem de escolas a encerrar no próximo ano lectivo encontravam-se apenas as de Casal de Fernão João e de Casal da Rola, pelo que a de Matos da Ranha foi incluída mais tarde.

“Eu acho que no bom trato institucional não fazia mal nenhum que, da mesma maneira que se discutiu as primeiras escolas que iriam encerrar, se discutisse outras”, afirmou Diogo Mateus, insistindo que “não se perderia nada na construção de uma solução discutida e participada”.

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

One Response to Assembleia Municipal quer escola fechada só depois de construído novo centro escolar

  1. Teca diz:

    Quando será que tomam posição para a construção do Centro Escolar de Pombal onde o 1º CEB está a funcionar em 2 edifícios completamente degradados e sem condições? Foi “bandeira de campanha eleitoral” mas disso não passa porquê?… Pelo menos desde 2007 que se anda a “falar” dessa obra e é mesmo falar porque disso não passa!…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: