Campanha eleitoral do PS de Pombal é a mais cara do Norte do distrito

logo_autarquicas2013O Partido Socialista (PS) de Pombal apresentou o orçamento mais elevado para a campanha eleitoral das Autárquicas de 29 de Setembro relativo aos cinco concelhos do Norte do distrito de Leiria.

De acordo com o documento enviado pelo partido à Entidade das Contas e Financiamentos Políticos, a funcionar no âmbito do Tribunal Constitucional, a candidatura protagonizada por Adelino Mendes prevê gastar cerca de 88 mil euros, dos quais 20 mil oriundos de donativos e o restante da subvenção estatal.

A candidatura adversária, do Partido Social Democrata (PSD), que candidata Diogo Mateus à Câmara Municipal, apresentou um orçamento de 39.134 euros. A CDU (Fernando Domingues) prevê gastar 10 mil euros, enquanto o CDS-PP (José Guardado) apresenta o orçamento mais modesto com um gasto previsível de 7.000 euros.

Nos cinco concelhos do Norte do distrito (Alvaiázere, Ansião, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Pedrógão Grande e Pombal), o Partido Socialista prevê investir na campanha eleitoral mais de 247 mil euros, mais que a soma dos orçamentos dos restantes partidos (PSD com 89 mil euros, CDS-PP com 22 mil euros e CDU com 49.600 euros).

A seguir à campanha socialista de Pombal, a segunda mais cara é, também, do PS e é protagonizada por Teresa Fernandes, em Ansião, com um orçamento de cerca de 55 mil euros. O actual presidente e candidato pelo PSD, Rui Rocha, prevê gastar apenas 14.322 euros. Naquele concelho a CDU aposta 18 mil euros na candidatura de Gonçalo Paz, enquanto o CDS-PP orçamenta a campanha de Rafael Henriques em 1.715 euros.

Também no concelho vizinho de Alvaiázere, Teodora Cardo (PS) prevê gastar quase o dobro (17.300 euros) que o seu adversário do PSD e actual autarca, Paulo Tito Morgado (9.277 euros). O CDS-PP investe 8 mil euros na candidatura de Nelson Silva e a CDU apenas 3.200 euros.

Em Figueiró dos Vinhos a candidatura do socialista Jorge Abreu prevê gastar 38.750 euros, contra os 12.223 euros que o actual presidente Rui Silva (PSD) planeia gastar. O CDS-PP e a CDU apresentam orçamentos idênticos na ordem dos três mil euros.

Também em Castanheira de Pera, os socialistas (Fernando Lopes) orçamentaram a campanha mais cara, de 26.650 euros, contra os 5.835 euros que o social-democrata Pedro Graça prevê gastar. O CDS-PP apresenta cerca de 2.200 euros de orçamento, enquanto a CDU investirá 12 mil euros.

No concelho vizinho de Pedrógão Grande, o partido que lidera a autarquia (PSD) prevê investir 8.200 euros na candidatura de Valdemar Alves. Um valor que ficará muito aquém dos 22.415 euros que o PS gastará nas acções de captação de votos a favor de António Pena. A CDU apresenta o orçamento de 3.200 euros.

Anúncios

Sobre factualidades
Noticias sobre temas e factos da actualidade

2 Responses to Campanha eleitoral do PS de Pombal é a mais cara do Norte do distrito

  1. BOM DIA
    Mas haverá alguém que queira votar PS se o lider não diz nada de jeito. É que nem na oposição esse senhor consegue ganhar vantagem significativa nas sondagens, nem em relação ao PSD que rebentou com a vida toda das pessoas. S´se pode concluir que J. Seguro partilha a 100% das deologias deste governo. Vou votar PCP, só assim terei a certeza que não me vão cortar mais na pensão.
    E depois ve o Sócrates ao Sábado e põe o governo em sentido, esse sim pode ter deixado muitos roubar mas ainda não perdeu o sentido do que deve ser um PS de esquerda.

  2. Amílcar dos Santos says:

    21/9/2013
    os magistrados resolveram dar a sua opinião sobre a faculdade do povo saber ou não aquilo que faz nas eleições e disse: o povo é ignorante político.
    eu amílcar dos santos candidato pela CDU à ass. de freguesia do Louriçal, também concordo e tenho-o dito muitas vezes. Sim eu sei que não se deve dizer mas se os magistrados o disseram, quem sou eu para desmentir ?
    Neste minha terra todos dizem que nas autárquicas se deve votar, não nos partidos mas sim nas pessoas; grande povo inteligente… Pois é até dizem que eu sou o melhor candidato,por várias razões mas…….. sou do PCP…
    e lá se vai a inteligência popular.
    conclusão: o salazar fez um grande trabalho, esyupidificou esta gente de tal maneira que ainda há “inteligentes” que dizem que esse energúmeno faz cá falta.
    Mas atanção que eu li no vosso jornal um artigo do S:manuel D. que me lembrou os tempos idos do fascismo, ao falar de Cuba.
    Mico

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: